MVC

Projeto interessante mostra os nomes das ruas de SP através de QR-Code

Bom dia..

Retirei este texto do post “Quem foram os caras que deram nome às ruas de São Paulo?” no blog DeuBandeira.

Teodoro Sampaio, Benedito Calixto, Henrique Schaumann, Hadoock Lobo varios outros nomes que você vê nas ruas de SP todo santo dia. Você já parou pra pensar quem foram esses caras? Danilo Dualiby e Marcos Rodrigues, junto com o coletivo Los Cabras, sim, e por isso criaram a ação Street Code - WHO THE FUCK IS?

Espalhando adesivos com QR Codes pelas ruas da cidade, eles permitem que as pessoas possam ler o código com o celular e receber, ali e na hora, uma explicação do site Wikipédia sobre o fulano de tal que dá nome àquela rua que você costuma passar frequentemente.

Dá uma olhada no vídeo da ação:



Fazia um tempinho que não via um projeto legal usando QR-Code. Parabéns aos criadores do projeto.

Att.
Ricardo

Banco do Brasil adota o QR-Code..

Boa noite..

Depois de um tempo sem ouvir falar no QR-Code, olha oque encontro:

Com uso de QR Code, Banco do Brasil agiliza pagamento de boletos no celular: O Banco do Brasil anunciou um novo recurso de seu aplicativo para dispositivos móveis. Trata-se da leitura de boleto a partir de QR Code – uma variante dos tradicionais códigos de barras. A vantagem é que o usuário não terá de digitar uma porção de números para fazer o pagamento; bastará usar a câmera do aparelho para ler o quadradinho exibido.

Leia a matéria inteira no IDG NOW.

Att.
Ricardo

Supermercado mobile, você aponta, tira uma foto e pronto!

Boa noite…

Vejam isso que animal…

Um supermercado em fotos: basta apontar o celular e escolher o que quiser: Nada de ir a lojas, muito menos sites de compra virtual. O novo jeito de fazer compras na Coreia é totalmente diferente. Ao passar pelos corredores dos metrôs, a população tem à disposição uma falsa vitrine de supermercado, com todos os produtos. O cliente fotografa o código QR com a câmera de seu smartphone, coloca os dados do cartão e finaliza a compra. O pedido será entregue na casa do comprador, com toda a comodidade, praticamente ao mesmo tempo em que ele estiver chegando também.

Fonte: Olhar Digital.



Diz aí, oque achou?

Att.
Ricardo

Metrô de SP adota QR-Code

Bom dia..

Metrô de SP adota QR code nas estações: O Metrô de São Paulo adotou a tecnologia de QR code nas estações para divulgar informações de seu site móvel.

O código bidimensional está impresso nos cartazes da “Linha da Cultura”, afixados nas estações. A leitura do QR code irá apontar para o site móvel do metrô (www.metro.sp.gov.br/mobile/index.htm).

Fonte: InfoAbril. Dica do Giuseppe Petruso aqui da Pontomobi.

Att.
Ricardo

Prédio japonês exibe realidade aumentada

Boa tarde..

O portal Terra de tecnologia publicou o post “Prédio no Japão exibe painéis com realidade aumentada“.

Segundo a fonte:

Um prédio comercial no Japão ostenta em sua fachada um QR Code, uma espécie de código de barras que pode conter um texto, uma URL ou informações sobre um produto.

A imagem projetada nos painéis exteriores do N Building (ou Edifício N, um prédio da zona comercial da cidade de Tachikawa ) desde o final de dezembro permite que portadores de telefones celulares com câmera tirem fotos do código de barras 2D. Com o auxílio de um leitor do código, o dispositivo abre o navegador embarcado que carrega o site do edifício.

Além disso, segundo o site Making The Mogul, com um aplicativo adicional instalado em dispositivo móveis (por enquanto apenas disponível para o iPhone), o usuário pode apontar sua câmera para o edifício e ser surpreendido com uma camada de realidade aumentada, que apresenta, de forma interativa, informações sobre as lojas do prédio e suas promoções, bem como uma interface de seviços como reservas e download de cupons promocionais.

Outra novidade é a exibição de tweets postados de dentro do N Building, diretamente na tela do celular.

Veja o vídeo:

N Building from Alexander Reeder on Vimeo.

Fantástico não?

Att.
Ping

QRCode não é o único..

Bom dia…

Estava pesquisando um pouco sobre as imagens QR-Code e descobri uma coisa bem legal, imagens QR-Code não são as únicas a utilizare esta idéia de dados bidimensionais para codificação de informações. Por exemplo, no link “Códigos de Barras (QRCode, SemaCode, ShotCode, QuickMark)“, fiquei conhecendo outras técnicas. Vale a pena dar uma lida..

Att.
Ping

QR-Code em ponto de onibûs..

Boa tarde..

Mais uma utilização interessante para o nosso querido QR-Code. No post “href=”http://www.portabilidade.net/2009/01/28/qrcode-em-ponto-de-onibus/”>” do blog PortabilidadeBR, encontramos a descrição do sistema mostrado na figura abaixo:



Muito legal né..

Att.
Ping

QR-Code e E-Commerce

Bom dia..

Realmente 2009 parece ser o ano do QR-Code, inclusive no E-Commerce. O blog PortabilidadeBR publicou o texto “QRCode em e-commerce“. Segundo o site, Algumas lojas virtuais já estão utilizando o QRCode para transportar uma informaćão da web para o celular. É o caso da Store Special. Na página do produto, há um QRCode e após acessá-lo, você é direcionado ao link com a foto do produto e as informaćão de compra. E a página fica armazenada no seu celular caso você queira a opinião de alguém ou simplesmente mostrar o produto.


Imagem também recuperada do blog PortabilidadeBR:



Att.
Ping

QRCode em out-doors

Boa noite..

Olha que interessante o uso de QRCode nestes casos:





Agradeçam ao PortabilidadeBR por estas imagens interessantes.

Como diz o post, esse é o ano do QRCode.

Att.
Ping

Texto legal sobre QR-Code

Bom dia..

Através do blog Portabilidade BR tive conhecimento do texto “Celular já se conecta até com outdoor: Nova tecnologia de código de barras traz usos inovadores para o aparelho“, veiculado ao Estadão. Recomendo muito a leitura integral do texto, porém, deixo aqui os parágrafos que julguei mais interessantes:


Símbolo quase banal da sociedade de consumo, o código de barras ganhou uma nova e “descolada” dimensão. Na forma de um quadrado com inúmeros quadradinhos de diferentes tamanhos dentro, o QR Code (código de resposta rápida, da sigla em inglês) permite a um usuário de celular com câmara acessar conteúdo na internet com apenas um clique.

No país mais obcecado por celular do mundo, o Japão, o QR Code virou mania. Impresso em outdoors, camisetas, cartões de visita, classificados ou embalagens, o código é capaz de armazenar 7 mil caracteres de informação, incluindo músicas, imagens, endereços de internet e de e-mails. Basta que o código seja fotografado para que seu conteúdo seja “lido” pelo browser do celular. As possibilidades são infinitas, tanto em termos de comércio eletrônico como para a publicidade.

Cerca de 40% dos japoneses já acessaram conteúdo por meio do código de barras. O uso no Japão é tão generalizado que até os túmulos estão ganhando códigos bidimensional, permitindo acessar informação sobre o morto. O código a ser fotografado por estar impresso em qualquer lugar - em outdoors, tecido ou na tela do computador. É possível, por exemplo, comprar um ingresso mirando o celular para um outdoor com a propagando de um show. Fora do Japão, contudo, o uso ainda é experimental. A emissora britânica BBC iniciou recentemente a venda de DVDs pelo celular utilizando o QR Code. A foto do código faz baixar no celular um trailer do filme e permite também realizar a compra. Em Paris, os códigos foram espalhados em pontos de ônibus e permitem acessar informações sobre horários e trajetos. Em um museu de Viena, algumas placas para identificação de obras também ganharam códigos, permitindo aos interessados obter mais informações no celular.

“O uso do QR Code é um caminho sem volta”, diz a diretora de serviços de valor agregado da Claro, Fiamma Zarife. “Temos uma equipe grande para desmistificar esse mercado.”


Interessante os exemplos de uso do QR-Code.. lembrando que no Mobilidade é Tudo tem bastante coisa sobre QR-Code e, leiam a matéria completa do Estadão..

Att.
Ping